criminal

Notícias

Versão para impressão    Voltar

17/05/2017 - Crime

Dupla é denunciada pelo latrocínio de rainha de bateria da Imperatriz Dona Leopoldina


BM/Divulgação
Local do crime

A Promotoria de Justiça Criminal de Cachoeirinha ofereceu à Justiça da Comarca denúncia, nesta quarta-feira, 17, contra Douglas Rodrigues da Rosa, 20, e David Valmor de Oliveira Maragno, 25. Ambos estão envolvidos no crime de latrocínio - matar para roubar - praticado contra a rainha de bateria da escola de samba Imperatriz Dona Leopoldina, Paola Serpa Severo, 33. Um adolescente também responde à Vara da Infância e Juventude por participar do assassinato. A promotora de Justiça Fernanda Weiand Braun assinou a denúncia, em substituição. A dupla, que está presa preventivamente na Cadeia Pública de Porto Alegre, responderá, portanto, por latrocínio e corrupção de menor.

A morte da rainha de bateria ocorreu em 16 de fevereiro, na Rua Obedy Cândido Vieira, no Bairro Central Parque, em Cachoeirinha. Ela estava dentro do automóvel aguardando a filha, quando foi abordada por Douglas. Armado, ele anunciou o assalto e disparou duas vezes contra a mulher, que morreu na hora. Sem levar nada, Douglas voltou ao carro onde estavam os outros dois comparsas e os três fugiram. Eles atearam fogo no veículo para tentar dificultar a ação da Polícia. Câmeras de vigilância de um condomínio próximo flagraram o crime, enquanto que as câmeras de monitoramento de trânsito da Prefeitura de Cachoeirinha filmaram a fuga do trio.


Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul
Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Porto Alegre - CEP.: 90050-190 - Tel.: (51) 3295-1100
Horário de atendimento ao público externo e funcionamento: 08h30 às 18h00