ambiente

Notícias

Versão para impressão    Voltar

25/04/2017 - Meio Ambiente

Ministério Público participou de audiência pública que discutiu futuro da FZB


Fotos/Célio Romais
Audiência foi realizada na AL

Com o tema “O Futuro do Patrimônio Material e Imaterial Proveniente da Extinção da Fundação Zoobotânica (FZB), a Concessão do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul e o Desmembramento do Horto Florestal", ocorreu na noite desta segunda-feira, 24, audiência pública da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa.

O objetivo do encontro foi estimular um debate com a sociedade civil organizada sobre as perdas que acarretam o fim da Fundação Zoobotânica (FZB) para o Estado.

Realizada no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, a audiência contou com a presença das promotoras de Justiça Ana Maria Marchesan e Anelise Steigleder, que atuam na Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Capital.

A deputada Regina Becker Fortunati, que presidiu os debates, destacou a relevância de uma audiência que reuniu tantas autoridades ligadas ao meio ambiente e a pesquisa no Rio Grande do Sul. Ela revelou que um dos caminhos a ser seguido são as ações judiciais para evitar o fim da memória e o patrimônio gaúcho, fruto do trabalho da FZB.

Em sua manifestação, Ana Maria Marchesan defendeu a realização de uma ampla campanha divulgando o trabalho realizado pelo Jardim Botânico e FZB. A promotora também destacou que o MP ajuizou, em fevereiro, ação civil pública contra o Estado do Rio Grande do Sul com o objetivo de preservar o patrimônio cultural e natural do Museu de Ciências Naturais e do Jardim Botânico. Tal ação ainda não foi apreciada, segundo ela.

Por sua vez, Anelise Steigleder informou que o Ministério Público está preocupado com o bem-estar animal caso o Parque Zoológico seja concedido a terceiros. “Nesse momento, o MP está se municiando de informações técnicas sobre o caso”, disse. Aos presentes, a promotora também manifestou preocupação com o futuro do Horto Florestal, localizado em Sapucaia do Sul. “O espaço do Horto precisa ser preservado”, agregou.

A audiência reuniu servidores da FZB, biólogos, protetores e protetoras de animais e ambientalistas.

Momento da fala de Ana Marchesan ...
... e de Anelise Steigleder

Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul
Av. Aureliano de Figueiredo Pinto, 80 - Porto Alegre - CEP.: 90050-190 - Tel.: (51) 3295-1100
Horário de atendimento ao público externo e funcionamento: 08h30 às 18h00